Almir Sater - Missões Naturais - Clickletras.com.br


Letra Missões Naturais


Vou nas asas dessa manhã
E bons tempos me levarão
Para Goiás, Minas Gerais e Maranhão
Vai, como quem pra guerra vai
Que depois eu vou com você
Vai, pra além daqui, além dali, além de nós

Êta destino mais atrevido
Seguir em seguir, seguindo
Por aí feito um cigano
Eu aprendi a ver esse mundo
Com meu olhar mais profundo
Que é o olhar mais vagabundo

Eu ando pelas estradas
Quem sabe a gente já se viu
Por aí, um dia, quem sabe

Nessa vida tudo se faz sob três missões naturais
Primeiro nascer, depois viver e aprender
Só o aventureiro é capaz de partir e não voltar mais
Se realizar, depois sonhar, então morrer

Disse meu pai: não lhe digo menino
Você há de aprender com o sino
Qual o rumo, qual a direção
E disse o sino: alegria garoto
Esse pai será sempre o seu porto
Não se acanhe se houver solidão

Eu ando pelas estradas
Quem sabe a gente já se viu
Por aí, um dia, quem sabe