Ademilde Fonseca - Sonoroso - Clickletras.com.br


Letra Sonoroso


Num beijo triste eu percebi
Que a sua intenção era fatal
Depois do adeus não consegui
Conter o coração
Porém sem fazer mal
Recebo agora com surpresa
A confirmação do dissabor
Você partiu deixando
Amarga a minha vida
Minh'alma dolorida
Com o fim do nosso amor

Não é assim que se faz, não!
Partir sem destino
E deixar sofrendo
Um grande amor que não fez mal
E busca em vão, de déu em déu
Encontrar lenitivo
Pra esquecer essa mágoa
Que maltrata o peito
Pelo amor desfeito
Sem eu merecer

Espero o dia em que você
Sentir melancolia e me procurar
Não sei se devo perdoar ou não
Não sei se posso resistir à ingratidão
Mas quero antes prevenir
Que o seu procedimento não me satisfaz
Vá padecendo e aprendendo
Porque a minha vida continua em paz.