Ademilde Fonseca - Império Serrano - Clickletras.com.br


Letra Império Serrano

Dei, uma gargalhada,
Quando eu vi a cadencia do passo da rapaziada,
Dei, uma gargalhada,
Quando eu vi a cadencia do passo da rapaziada.

Ó, meu Império Serrano,
Hás de brilhar mais um ano,
Lá, rara, lárara,
Chegou quem estava faltando chegar,
Lá, rara, lárara,
Chegou quem estava faltando chegar.

Vem ouvir a nossa bateria,
O nosso samba, tem muita harmonia.