Ademilde Fonseca - Carne Seca Com Tutú - Clickletras.com.br

Letra Carne Seca Com Tutú


Carne seca, minha flor,
Tú tá gostando de mim,
Carne sêca, faz favor,
De não me espiar assim !

Tutú, vá deixando disso,
Olha eu não sou de conversa,
Eu já tenho compromisso,
Pretinho, não me interessa !

Eu já sei que isso é mentira,
Não é fato, coração,
Da cabeça tu não tira,
Minha configuração.

Seu moleque desabusado,
Como tú eu nunca vi,
Precisa ser descarado,
Vê lá se eu logo pra ti.

Eu não quero mais brigar,
Quero ficar bem contigo,
Se tu não podes me amar,
Me deixa ser teu amigo.

Meu tutú, meu tutuzinho,
Eu falei de brincadeira,
Para ti meu amorzinho,
Eu dou minha vida inteira.

Então vou logo correndo,
Vou um padre procurar,
Pra que ele nos benzendo,
Faça a gente se casar !

Eu não quero mais brigar,
Quero ficar bem contigo,
Se tu não podes me amar,
Me deixa ser teu amigo.

Meu tutú, meu tutuzinho,
Eu falei de brincadeira,
Para ti meu amorzinho,
Eu dou minha vida inteira.

Então vou logo correndo,
Vou um padre procurar,
Pra que ele nos benzendo,
Faça a gente se casar !...