Absinto Muito - A Rosa - Clickletras.com.br


Letra A Rosa

E a rosa
dos seus cabelos
sem os espinhos pra te arranhar
Fui eu quem retirei
pra não te machucarem
então

Liguei de noite
pra desmarcar
o encontro que não poderia mais acontecer
se não
se não
se não

Eu poderia até dizer
que eu queria esquecer
Eu deveria te encontrar
sem medo de entender ou de explicar
sem medo de amar
mas nem fui
eu não fui não
sem medo de amar
mas não fui
eu não fui não

E as coisas que eu te escrevo
Eu sempre apago sem desmanchar
E guardo na gaveta pra um dia talvez te dar

Esboço torto que tem o anel
que eu tentei te descrever
um dia no papel
e então
e então
e então

Eu poderia até dizer
que eu queria esquecer
Eu deveria te encontrar
sem medo de entender ou de explicar
sem medo de amar
mas não fui
eu não fui não
sem medo de amar
mas não fui